Nova visão da Vortal para a contratação eletrónica

A Vortal

A Vortal foi pioneira e escreveu o livro da contratação eletrónica em Portugal. Iniciou a operação com o eConstroi em 2001 para o setor da engenharia e construção, tendo evoluído para outros verticais como a Administração Pública (o primeiro procedimento de contratação pública eletrónica foi realizado através da Vortal em 2006), a saúde e o segmento corporate.

Passados 13 anos, a evolução tecnológica representa um “time lapse” enorme. São disso exemplos a integração da plataforma com os sofwares de gestão (ERP) dos clientes, a introdução da assinatura e certificação digital, pagamentos eletrónicos e, mais recentemente, a gestão de contratos colaborativa e os sistemas de aquisição dinâmicos. Graças a estes desenvolvimentos, a tecnológica portuguesa é uma entidade reconhecida pela Gartner que, pela quarta vez consecutiva, integrou a Vortal no relatório “Magic Quadrant for Strategic Sourcing Application Suites” de 2018, sendo uma das 10 empresas mundiais que cumprem os exigentes requisitos para integrar o principal relatório independente de analistas sobre tecnologias de eSourcing.

A interoperabilidade entre plataformas eletrónicas de contratação pública é uma das áreas de evolução no negócio da tecnológica portuguesa. A Vortal lidera um consórcio europeu, a Interplat, cofinanciado pela Comissão Europeia, que visa a implementação de standards de interoperabilidade entre Portugal, Alemanha e Holanda, e que conta apresentar resultados já no decorrer do próximo ano.

O desafio

Manter a liderança internacional no mercado da contratação eletrónica pública e privada é um dos grandes desafios da Vortal. A tecnológica especializada em soluções de eProcurement e eSourcing está a lançar novos produtos no mercado com vista a aumentar a eficiência e a competitividade das empresas e do setor público.

Pedro Coelho Cabral, Chief Technology Officer (CTO) da Vortal, explica que já estão a trabalhar em soluções que utilizam machine learning e predictive analytics para complementar a oferta que disponibilizam aos clientes com o perfil fornecedor, ajudando-os a ser mais eficientes na procura das oportunidades de negócio mais adequadas e na elaboração de propostas competitivas.

Estão criadas as condições para um segundo momento na digitalização das entidades públicas e privadas, no que respeita à utilização de soluções mais eficientes para a gestão de contratos, de catálogos, da qualificação e avaliação de fornecedores, entre outras soluções da Vortal”.
Pedro Coelho Cabral, CTO da Vortal

Inovação e usabilidade são as palavras-chave para atingir este objetivo.

vortal_genImg.jpg

A solução

O ponto seguinte foi contar com um managed services provider (MSP) com provas dadas no mercado nacional e que fosse reconhecido internacionalmente.

O recente reconhecimento da Claranet por parte da Microsoft como Azure Expert MSP, a sua presença no Magic Quadrant for Data Center Outsourcing and Hybrid Infrastructure Managed Services, Europe da Gartner, os casos de sucesso e a experiência na migração de aplicações existentes para um ambiente de cloud foram fatores determinantes para a escolha.

Dentro do que é a oferta Vortal, existiam já algumas soluções cloud-native e outras soluções num data center “tradicional”.

O projeto levado a cabo permitiu uniformizar e centralizar todas as soluções tecnológicas numa única cloud, estabilizando e facilitando a gestão e a monitorização das mesmas.

Outro dos desafios foi o desenvolvimento da nova plataforma de contratação eletrónica, recentemente lançada.

A plataforma nextVision, revelada recentemente ao mercado, mostra as novas capacidades e as funcionalidades que a posicionam como líder mundial do setor.

Resultados

Uma plataforma mais estável, com melhorias evidentes de performance, assim como uma experiência de utilizador mais fluida e rápida, são algumas das melhorias alcançadas com a migração da solução para a cloud.

Contamos de momento com cerca de sete meses de operação em Azure e temos uma plataforma mais estável, com melhorias evidentes de performance e uma experiência de utilizador mais fluida e rápida."
Pedro Coelho Cabral, CTO da Vortal

A gestão dos recursos que suportam as plataformas é mais flexível, permitindo criar, abater ou modificar as características dos recursos consumidos de forma muito mais ágil e controlada, "o que nos confirma que tomámos a decisão correta e que estamos no caminho certo".

Download case study completo em PDF

English version

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Ligue-nos através dos números 707 50 51 52 e/ou 21 319 92 00, entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta, para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.