Casa Relvas suporta crescimento do negócio em serviços e tecnologias Cloud geridos pela Claranet

A Casa Relvas

A Casa Relvas resulta de um negócio familiar iniciado em 1997 por Alexandre Relvas, que escolheu a Herdade de S. Miguel – em São Miguel de Machede, em Redondo – para dar corpo a um projeto iniciado com a plantação de cerca de 35 Ha de vinha.

Desta aposta resultaram em 2004 as primeiras garrafas de vinho com a marca Herdade de S. Miguel, cuja produção foi crescendo de forma significativa nos anos seguintes, graças à aquisição de novas herdades no Alentejo, por um lado, bem como ao aumento da área de vinha plantada.

De 26.000 garrafas obtidas no arranque deste projeto, a Casa Relvas passou para uma produção anual de seis milhões de garrafas de vinho – entre várias marcas, incluindo vários produtos premium -, 70% das quais destinados à exportação para 30 países.

Já com uma componente de enoturismo associada ao seu negócio principal, a casa Relvas iniciou em 2016 a sua aposta na produção de azeite, a partir de 300ha de Olival nas Herdades, no Redondo e na Vidigueira.



A relação que sempre tivemos com a Claranet fez toda a diferença na identificação correta das nossas necessidades e na qualidade da proposta que nos foi apresentada.

Alexandre Relvas
Administrador
Casa Relvas

O desafio

Nos últimos anos a Casa Relvas registou um crescimento do seu negócio de vinhos e da componente de enoturismo, aos quais se juntou uma nova área de forte aposta – a produção e comercialização de azeite –, através da plantação de vários olivais e a criação de um Lagar na Herdade da Vidigueira.

Este crescimento originou um novo desafio ao nível da capacidade da infraestrutura de TI no apoio à faturação, bem como na gestão de stocks, clientes e fornecedores. A empresa usava um sistema tradicional de hosting para suportar o funcionamento das aplicações de negócio SAP, mas cedo percebeu ser necessário uma nova plataforma para lidar com aumento esperado de dados.

A par do crescimento da informação gerada e da necessidade de adicionar capacidade à sua infraestrutura de TI, a ideia dos responsáveis da Casa Relvas era manter os serviços de Managed Services que a Claranet já disponibilizava, mas num sistema mais ágil na gestão da informação e mais eficiente em termos energéticos.

Os responsáveis da empresa pretendiam manter os serviços disponibilizados pela Claranet e as soluções SAP para apoio ao negócio, mas numa solução que fosse “à prova de futuro” e permitisse também aumentar a capacidade analítica do negócio, com base na informação gerada.


Claranet | Hewlett Packard Enterprise

A tecnologia

A Casa Relvas optou pela migração da sua infraestrutura para um modelo de Cloud Privada certificada para ambientes SAP HANA, garantindo o cumprimento das suas necessidades de agilidade, de maior capacidade e de flexibilidade na gestão dos dados, com a necessária atualização da plataforma SAP para SAP HANA, de uma forma mais rápida e económica.

A escolha recaiu numa solução Claranet Cloud Platform for SAP (CCP for SAP) – que resulta de uma parceria entre a Claranet e a Hewlett Packard Enterprise (HPE) -, através de um modelo de Platform as a Service (PaaS). Este modelo disponibiliza um conjunto de serviços especializados SAP, incluindo a gestão, segurança e otimização da plataforma de forma contínua, com possibilidade de os ativar sempre que necessário.

Fernanda Gomes, Financial Manager da Casa Relvas, refere que a relação de confiança que a Casa Relvas sempre manteve com a Claranet tornou esta escolha “natural”, face à expetativa de crescimento do negócio e das necessidades da empresa.

A maturidade tecnológica apresentada nesta solução de Cloud deixou-nos a certeza de que iria corresponder ao que procurávamos: mais agilidade e capacidade de gestão, com menor custo e uma importante redução de custos operacionais.

Alexandre Relvas
Administrador
Casa Relvas

O processo de migração para a nova plataforma demorou cerca de um mês, sem impactos significativos nos workflows habituais da empresa, abrangendo também a adequação dos serviços geridos sobre a plataforma SAP e sobre a CCP.

 

Os benefícios

Os benefícios obtidos pela Casa Relvas com esta implementação revelaram-se sobretudo em duas componentes: na gestão e disponibilidade da infraestrutura e na capacidade de adotar novos serviços que permitam fazer crescer rapidamente o negócio. A estes benefícios os responsáveis da empresa avançam com um terceiro – a otimização dos custos –, conseguido a par da melhoria real dos serviços.

Casa Relvas Workers

No caso da nova infraestrutura de Cloud CCP for SAP, foi possível obter alta-disponibilidade, mais segurança, desempenho e escalabilidade, com reforço da redundância do sistema para assegurar um funcionamento ininterrupto, sem pontos de falha, mesmo nos momentos de maior pico.

Já ao nível dos serviços, além de se tornar mais fácil executar uma adaptação e evolução das aplicações, de acordo com as necessidades de crescimento do negócio, a Casa Relvas passou a produzir insights mais detalhados sobre a sua atividade, gerando informação mais inteligente e com maior valor-acrescentado para criação de novas estratégias de negócio.

Todas as empresas procuram melhores serviços com menos custos. Esta solução deu-nos isso e ainda uma visão totalmente inovadora do nosso negócio

Alexandre Relvas
Administrador
Casa Relvas

Em termos práticos, num projeto que tinha como primeiro objetivo preparar a infraestrutura de TI para dar suporte ao crescimento do negócio, a Casa Relvas acabou também por conseguir uma importante otimização de custos e obter novas ferramentas para reforçar a componente de inovação e, com isso, preparar melhor o futuro.

Solicite mais informações