Como usar a MS Power Platform para inovar nos processos de negócio

Pedro Mourão Martins - Claranet Portugal

Pedro Mourão Martins
Solution Architect - Claranet Portugal

Os conceitos de low-code e no-code permitem que qualquer profissional possa criar pequenas aplicações de apoio ao negócio. A Power Platform é a solução da Microsoft para revolucionar estes conceitos.

A ideia das Business Applications está longe de ser nova, mas a verdade é que uma geração recente de ferramentas introduziu um nível de inovação até agora nunca visto na criação de aplicações e automatização de processos de apoio ao negócio.

Neste domínio, a Microsoft tem desempenhado um papel com importância crescente através da Power Platform, que abriu caminho para criar, de forma simples, apps orientadas para o negócios e integrá-las com outras ferramentas de produtividade, de comunicações e de gestão - com especial destaque para o M365.

Em termos práticos, podemos encarar a Power Platform como uma plataforma que tem como principal fator aproximar do desenvolvimento aplicacional as pessoas mais ligadas ao negócio. Para isto vão fazer uso de ferramentas como Power BI, Power Apps, Power Automate e Power Virtual Agent, que basicamente introduzem diversos processos de automatização dos workflows e de organização da informação:

Power BI

Automatiza a criação rápida de dashboards com insights e métricas de negócio orientados por dados, permitindo a tomada de decisões de negócio mais informadas;

Microsoft Power BI
Microsoft Power Apps

Power Apps

Permite a criação ágil e rápida de apps de negócio baseadas em low-code, sem necessidade de conhecimentos de programação, usando templates pré-concebidos através de processos de drag & drop;

Power Automate

Ferramenta para automatização de tarefas, processos e workflows, com base na utilização de soluções de Robotic Process Automation (RPA) e Digital Process Automation (DOA), que utilizam software para criar rotinas automatizadas em todos os projetos do Power Platform. O Power Automate possui uma vertente PA Desktop, para utilizar as ferramentas em máquinas “on-prem”, bem como uma vertente PA Cloud, para usar essas ferramentas de forma descentralizada, em ambientes Cloud.

Microsoft Power Automate
Microsoft Virtual Agents

Power Virtual Agents

Permite criar chatbots sem necessidade de programação, integrando nos processos de negócio conversações automatizadas para escalonamento do trabalho, incluindo a sua utilização no MS Teams.

Ecossistema automatizado

A grande vantagem da solução da Microsoft face a outras plataformas de low-code e no-code é que as Power Apps podem ser integradas com todo o ecossistema de soluções do Office e M365. E uma vez que o licenciamento já vem com o “pacote de produtividade M365”, as organizações acabam por ter uma mais-valia adicional na sua utilização.

Podemos assim ter uma integração de teamwork bastante transversal numa organização que tenha no M365 a sua base de trabalho, usando, por exemplo, o Power Apps no MS Teams ou com o Sharepoint - no fundo, usando o Power Apps em todas as ferramentas da Microsoft.

Se a ideia é ganhar agilidade e rapidez na criação de aplicações de apoio ao negócio, sem exigir elevados conhecimentos de programação ou equipas de desenvolvimento altamente especializadas, é neste caminho que as organizações deverão insistir; até porque há cada vez menos especialistas em desenvolvimento.

O advento do low-code e no-code pressupõe exatamente que a criação de apps possa ser feita por qualquer pessoa que participe no processo de negócio, tirando exatamente partido da natureza e capacidade dessas ferramentas para desenhar, criar e aplicar ideias inovadoras. Tudo isto com trabalho de parametrização, sem intervenção dos típicos programadores.

Saiba como a Claranet está a inovar na utilização da Power Platform para a criação de soluções inovadoras aos seus clientes e conheça as soluções de training disponíveis sobre esta ferramenta.

Business Applications

Written by Pedro Mourão Martins - Solution Architect

Pedro Mourão Martins é Solution Architect na Claranet Portugal, centrando o seu trabalho como Business Applications Expert to Microsoft Technologies.

Com mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de soluções, trabalhou nas áreas de Web Commerce, Finance, Digital Television, Ticketing Systems e Analysis & Competitiveness