Gestão da Mudança: o fator humano como potencial de inovação

Claranet é certificada em metodologia Prosci

Em 2022, segundo o World Economic Forum, 42% das tarefas do nosso dia-a-dia serão executadas por máquinas, comparativamente com os 29% de tarefas executadas hoje.

O crescimento é justificado pela prioridade das organizações em transformar e otimizar o Workplace, assim como pelo facto de as pessoas estarem a ficar mais proficientes na utilização de tecnologia, procurando otimizar as suas tarefas e o acesso às suas prioridades.

Claramente, a inovação traz o enorme desafio de fazer um uso mais inteligente do capital humano e da tecnologia disponível.

Com a transformação do Workplace, as organizações com a procura de soluções digitais e/ou com a ampliação de competências serão determinantes no impacto das funções do futuro e da força de trabalho. Quando falamos em competências abordamos softskills e hardskills. Ou seja, softskills temáticas como o pensamento crítico e trabalho em equipa e as hardskills associadas ao funcionamento com novas tecnologias.

Seguindo as prioridades das organizações e a visão de Workplace da Gartner, a Claranet criou para as organizações um programa de transformação do Workplace com o objetivo de medir e ajudar na melhoria das competências das pessoas e ajudar na produtividade, com soluções tecnológicas inovadoras, tais como: devices, plataformas de colaboração, aplicações inteligentes e seguras.

Neste programa são criadas várias atividades, orientadas a resultados de mudança de comportamentos e adoção de soluções tecnológicas.
Como atividades diferenciadoras deste programa, têm principal relevância:

Inovar sem complicar

Numa fase de arranque, começamos sempre por uma visão de Workplace de futuro, com referências da Gartner, onde são apresentadas as melhores tecnologias/tendências e são definidos os resultados esperados. A partilha de experiências e o saber ouvir são características fundamentais, nesta fase, para criação de uma base de confiança que permita falar de inovação sem medo, enquadrada no que foi criado até hoje pela organização.

Construir com os colaboradores

Cocriação é a forma de estar. A visão de tendências de Workplace tem que ser complementada com objetivos e desafios dos colaboradores na otimização de produtividade e no ganho de competências. Uma correta avaliação dos desafios permitirá selecionar as soluções digitais mais apropriadas para a potenciação do capital humano, reforçando a sua produtividade, o trabalho de equipa, o pensamento crítico e o relacionamento interpessoal, entre outros.

Influenciar a mudança

Hoje, procuramos nas organizações novas formas de sensibilizar para as razões da mudança. Na Claranet, abordamos os projetos de Change Management com a metodologia e consultores certificados Prosci. Temos como objetivo garantir programas de influência, onde a mensagem de mudança é clara e chega rapidamente, num contexto de word-of-mouth. Assim, privilegiamos a partilha e o patrocínio de novas experiências, através de programas de sponsorship de mudança, celebração para a inovação e comunicação simples e curta.
Deixou de ser obrigatório estar nestes programas e passou a ser um privilégio participar – e são as pessoas que os procuram.

Experiência do Colaborador

O feedback da experiência. Criámos uma plataforma Voice of Employee, associada em todos os projetos de Workplace, para medir o feedback dos colaboradores, a melhoria de competências e as sugestões para melhorar o engagement das pessoas no processo de transformação. A recorrência de recolha de informação é obviamente crítica nas ações implementadas. Nesta fase, conseguimos perceber a evolução do capital humano e os novos objetivos, para uma contínua melhoria do Workplace.

Productivity as a Service

Commitment para melhorar produtividade.
Os programas de melhoria de capital humano devem ser contínuos. Hoje, na Claranet, criamos um programa de transformação de Workplace-as-a-Service com Change Management de forma contínua e avaliada em dois pilares fundamentais: transformação das competências, apresentando resultados da relação dos projetos digitais com a melhoria de competências pessoais; e otimização de tempo, no qual existe um compromisso com a eficiência na produtividade das pessoas, garantindo uma determinada poupança de tempo, acordado por cada ano de trabalho.

Na Claranet, temos uma ambição infinita durante o processo de transformação do Workplace de procurar continuamente a inovação, as melhores tecnologias e, claro, a realização contínua das pessoas nas organizações. A transformação do Workplace tem sempre este fator em conta, assim como o vício de estudar e experimentar tecnologia e, o mais importante, ouvir muito.

Written by António de Oliveira Maia - Workplace Design & Adoption Director

Licenciado em Engenharia Informática pela Faculdade de Engenharia do Porto, António Maia tem também uma Pós-Graduação em Gestão, pela Universidade Nova de Lisboa, e uma especialização em Design Thinking.

Como Workplace Design & Adoption Director da Claranet, tem como foco a re-imaginação do Workplace, promovendo o design, automação e adoção de melhores experiências do utilizador, com ganhos significativos de produtividade. Com mais de 10 anos de experiência no sector das tecnologias de informação, já desempenhou funções de Gestão de Produto, Desenvolvimento de Negócio, Liderança de Oferta Cloud e Direção de Serviços, tendo uma visão clara sobre os desafios das grandes, médias e pequenas empresas.

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Ligue-nos através dos números 707 50 51 52 e/ou 21 319 92 00, entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta, para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.