Os gestores TI portugueses são os mais pressionados da Europa

A edição de 2015 do Claranet Research Report revela o estado da inovação das empresas em 6 países europeus, entre eles Portugal. O relatório mostra que os departamentos de TI das empresas portuguesas são os mais pressionados da Europa e que dedicam apenas 9 minutos por dia à inovação.

A pedido da Claranet, a consultora independente Vanson Bourne efetuou um estudo que revela o estado atual das TI nas principais empresas de toda a Europa. O Claranet Research Report 2015, estudo publicado recentemente, aprofunda temas como a inovação, as aplicações e as relações que as principais empresas de países como a Alemanha, Benelux, Espanha, França, Portugal e Reino Unido, mantêm com os seus fornecedores de serviços de TI.

Segundo o relatório, os departamentos TI portugueses são os mais pressionados da Europa, contrastando bastante com a realidade dos restantes países europeus. O estudo chega também à conclusão de que os orçamentos TI das empresas portuguesas caíram bastante durante este ano, cenário que deverá prolongar-se durante o próximo ano. As implicações são claras, com a inovação a ser sacrificada em prol de garantir os serviços mínimos do departamento. Os departamentos TI em Portugal dedicam apenas 9 minutos por dia à inovação, uma vez que a maior parte do seu tempo é dedicado a tarefas de gestão administrativa e trabalho reactivo.

Ao entrevistar cerca de 900 responsáveis de TI europeus, o Claranet Research Report mostra em que países se investe mais tempo em inovação, qual o nível de conhecimento que as empresas têm sobre o papel dos seus departamentos de TI e como aumentaram os seus orçamentos no último ano, entre outros dados interessantes, como:

  • 74% das empresas portuguesas contam já com uma estratégia digital;
  • 84% das empresas na Europa, preveem uma mudança radical nas TI durante os próximos dois anos;
  • No ano passado, cerca de 75% das empresas aumentou o seu orçamento de TI;
  • Os departamentos TI das empresas portuguesas são os mais pressionados, entre os países examinados;
  • Em 2020, o desenvolvimento de aplicações in-house, diminuirá cerca de 30%;
  • 61% dos responsáveis de TI, irá contar com o apoio dos fornecedores de TI para o desenho e implementação de soluções flexíveis para o seu negócio.

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Por favor, ligue-nos através do número 707 50 51 52 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.