COVID-19: Medidas de trabalho remoto da Claranet Portugal destacadas entre as principais empresas portuguesas

A Claranet Portugal divulgou as medidas que está a preparar para acautelar a saúde dos seus colaboradores e garantir a continuidade das suas operações durante o período de pandemia do COVID-19.

Num artigo dedicado às estratégias que as principais empresas portuguesas estão a preparar para acautelar os efeitos do vírus COVID-19 nas suas operações, António Miguel Ferreira, Managing Director da Claranet Iberia & Latin America, explicou que a Claranet está a colocar em prática alguns dos processos e planos que desenvolve habitualmente para os seus clientes.

A Claranet tem há vários anos um plano de continuidade de negócio, que testa regularmente. O essencial deste plano é garantir a continuidade das nossas operações e da nossa prestação de serviços, em caso de incidentes ou acontecimentos de força maior, que impeçam o acesso de vários ou todos os colaboradores aos escritórios que temos em Portugal ou em outros países" - referiu.

Sobre o tipo de ferramentas que a Claranet está a utilizar, o mesmo responsável explicou que "a empresa é um fornecedor de soluções de Workplace que permitem trabalho remoto e está a usar estas soluções na nossa própria operação, e a apoiar os clientes em implementar sistemas de vídeo-conferência, comunicações e tele-trabalho colaborativo, assim como a garantir a disponibilidade de computadores portáteis e plataformas de gestão de identidade a todos os clientes que solicitem."

Em relação à gestão e manutenção das infraestruturas nos três Datacenters da Claranet em Portugal, António Miguel Ferreira referiu que poucas alterações serão efetuadas ao trabalho habitual, uma vez que “as mesmas são, por desenho, resilientes e geríveis remotamente”.

In TekSapo, 12-03-2020

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Ligue-nos através dos números 707 50 51 52 para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.