Claranet Open Day 2019

A Claranet reuniu parceiros e clientes no OpenDay 2019, um evento realizado em parceria com a HP e a HPE que dá a conhecer as mais recentes tendências tecnológicas e soluções que combinam os produtos, serviços e know-how das três empresas.

Docas de Santo Amaro recebem Claranet Open Day 2019

A Mobilidade, a Segurança da Rede e dos Devices, e o conceito de IT as-a-service foram os temas em destaque nos pontos tecnológicos criados este ano.

EndPoints: segurança é prioridade

O conceito de Digital Workplace está a transformar os métodos de trabalho, as estratégias de negócio e a própria gestão de equipas. Esta nova tendência oferece inúmeras vantagens às empresas, mas coloca também uma série de novos desafios, nomeadamente ao nível da segurança João Martins, EndPoint Managed Solutions Manager da Claranet Portugal, lembrou que os terminais são um dos pontos mais vulneráveis dentro da organização, mas que as empresas têm de garantir uma segurança end-to-end para reduzirem ao máximo os riscos associados, e adotarem uma política de segurança preventiva.

A framework de segurança da HP, para a área de computing e printing, foi desenhada para garantir a segurança dos devices em vários layers. Os managed services da Claranet Portugal complementam esta oferta e garantem o ciclo de vida dos equipamentos, num modelo as-a-service flexível e ajustado às necessidades dos clientes. A Claranet recorre ainda a ferramentas de analítica para assegurar um serviço de suporte e preventivo, face aos distintos equipamentos, e otimizar toda a gestão diária dos devices.

Para ajudar as empresas a reforçarem a sua segurança, João Martins avançou que a Claranet está a oferecer assessments de segurança gratuitos aos seus clientes, que apuram as necessidades e vulnerabilidades do parque de impressão e criam um relatório com sugestão de melhorias que podem ser implementadas.

Mobilidade: Controlo de Acessos e Devices numa política de segurança preventiva

Numa era em que a mobilidade é prioritária, os profissionais devem conseguir ligar-se à rede de forma segura, em qualquer lado e sempre que necessitem. Cabe os IT managers controlar a infraestrutura e os acessos, e criar políticas de segurança totalmente ajustadas à empresa e aos utilizadores, que não comprometam a sua mobilidade. Paulino Salvador, Digital Conectivity Manager da Claranet Portugal, sublinhou que a Claranet desenha e implementa soluções que melhoram a produtividade e a experiência de utilização para ambas as partes, através de uma oferta que contempla software, hardware e ferramentas de analítica. A área endereça quatro pilares - infraestrutura, equipamentos de conectividade, segurança e comunicações. A área de conectividade é complementada com a oferta da HP, nomeadamente da Aruba.

A Claranet é o único parceiro Platinum da Aruba em Portugal, e trabalha todas as componentes desta oferta – conectividade, acesso à rede e analítica. João Gonçalves, Business Developer - Digital Connectivity da Claranet Portugal, explicou que todas as plataformas da Aruba são interoperáveis com outras infraestruturas, e podem ser ajustadas às necessidades dos clientes, com a ajuda das equipas de development da Claranet. A componente de analítica otimiza toda a gestão de rede em termos de segurança, fiabilidade e desempenho, e as políticas de gestão de rede comtemplam várias tecnologias de acesso, desde o wi-fi ao Bluetooth. Este tipo de ferramentas permite ainda a monitorização dos ativos e recursos - asset tracking e device insight.

Hybrid Datacenter: o modelo IT-as-a-service

Muitas empresas sentem dificuldades na altura de ajustarem as diferentes plataformas e soluções tecnológicas às suas necessidades, e investem já a pensar no futuro. Esta realidade conduz frequentemente ao overprovisioning – as organizações adquirem ofertas sobredimensionadas, aumentam os custos de manutenção e dificultam a gestão.

A Claranet Portugal e a HPE introduzem nesta área de mercado o conceito as-a-service. A aquisição dos distintos recursos – storage, computação, portas de redes, etc - é feita de acordo com as necessidades atuais e reais de cada cliente, e o custo está sempre dependente do consumo.

Como explicou Hélder Ribeiro, Senior Business Developer de Enterprise Solutions & Devices da Claranet Portugal, a Claranet e a HPE “migraram” o modelo de negócio tradicionalmente associado ao IT on-premises para um modelo muito semelhante ao da cloud, sem comprometer o controlo e outros privilégios que caracterizam a gestão privada de equipamentos. A Claranet acrescenta ainda valor através dos managed services. O cliente passa a ter acesso a uma equipa especializada, com know-how em distintas áreas, capaz de garantir a gestão das mais distintas aplicações e ambientes heterogéneos. Os clientes melhoram o TCO e podem dedicar-se exclusivamente ao seu core business.

A capacitação digital é uma condição necessária para as empresas serem competitivas, identificarem mais rapidamente novas oportunidades de negócio e terem sucesso no atual mercado global. O percurso de transformação coloca uma série de desafios às empresas, mas estes podem ser ultrapassados com a ajuda de soluções abrangentes e escaláveis que possam ser ajustadas às necessidades das organizações.

Para mais informações sobre soluções e serviços contacte-nos.

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Por favor, ligue-nos através do número 707 50 51 52 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.