Claranet investe um milhão de euros em polo tecnológico e lança SOC mais completo e diferenciador

Foi hoje inaugurado o polo tecnológico da empresa, em Carnaxide, que albergará o novo SOC (Security Operations Centre), que disponibiliza uma monitorização mais completa, integrada e diferenciadora aos seus clientes.

A Claranet, empresa fornecedora de soluções de hosting, cloud pública, redes, segurança e workplace em modelo “as a service”, inaugura hoje o seu novo polo tecnológico, totalmente remodelado, em Carnaxide onde, entre outros serviços, ficará instalado o novo Security Operations Centre (SOC).
A remodelação destas instalações – projecto no qual a Claranet investiu um milhão de euros – surge na sequência da aquisição da ITEN Solutions, a maior operação de M&A realizada em Portugal, na área das Tecnologia de Informação, em 2017.
Este investimento permite assim:

  • Consolidar as equipas de operações das várias unidades de negócio da empresa no mesmo local (Hosting, Networks, Technology, Workplace, Business Applications, Public Cloud e Cybersecurity).
  • Lançar o novo SOC (Security Operations Centre).
  • Aumentar a capacidade do Centro de Formação, iniciando o programa ‘Claranet University’, que visa o desenvolvimento de competências em TI para profissionais em início de carreira ou em fase de transição.
  • Criar as condições necessárias para a abertura do ‘Centro de Excelência Cloud’, que pretende reforçar o posicionamento da empresa no mercado nacional e da América Latina, na área estratégica de prestação de serviços de Cloud.


SOC Claranet: 600 mil euros para disponibilizar um serviço completo e diferenciador

A Cibersegurança é uma das principais prioridades dos CIOs das empresas, nacionais e internacionais, como se pode observar no estudo Claranet Research Report 2017/2018. Nesse sentido, a Claranet definiu como estratégica esta área de actuação, uma vez que corresponde a uma necessidade real do panorama empresarial em Portugal – sendo já, a nível internacional, um complemento indispensável ao seu portfólio de serviços disponibilizado.
Desde o início de 2017 que o Grupo Claranet investiu globalmente mais de 15 milhões de euros na sua oferta de Cibersegurança, sobretudo em Portugal, Inglaterra e França.
No âmbito desta estratégia, é hoje lançado o novo SOC (Security Operations Centre) que monitorizará 24 horas por dia, todos os dias do ano, as várias plataformas dos clientes que contratam este serviço, correlacionando eventos para detectar incidentes ou potenciais incidentes de segurança, intervindo imediatamente caso necessário e escalando acções para o próprio cliente ou fornecedores que este tenha.

O grande factor de diferenciação em relação ao SOC tradicional, é que o SOC Claranet para além de monitorizar plataformas internas (firewalls, directórios, routers, etc), permite a agregação na sua plataforma SIEM (Security Information Event Management) dos riscos externos, através da monitorização de milhares de fontes na web, redes sociais e dark & deep web.

“As organizações enfrentam, hoje em dia, o grande desafio de se protegerem eficazmente contra ciber ameaças cada vez mais complexas, provenientes de adversários evoluídos e com recursos. A estratégia de ciberdefesa da Claranet Security para os seus clientes assenta numa monitorização contínua 24X7, com detecção de possíveis intrusões, dispositivos infectados com malware, detecção de cópias do website da organização, credenciais expostas, menções na deep & dark web, entre outros ciber riscos. Os eventos considerados um risco para cada cliente são endereçados imediatamente por uma equipa de resposta a incidentes, que actua localmente ou internacionalmente em conjunto com equipas de abuse e computer emergency response teams (CERTs)”, explica Pedro Barbosa, Head of Cibersecurity.

Este novo SOC é fruto de um investimento de 600 mil euros (excluindo Recursos Humanos) e contará com uma equipa de 16 colaboradores.
Inicialmente direccionado a clientes nacionais, prevê-se, no final de 2018, a expansão da sua oferta a outros países onde o Grupo tenha operações.

“A cibersegurança é uma componente fundamental da oferta da Claranet, que complementa o nosso portfólio de serviços de IT on premises, em Datacenter externo ou Cloud pública. Acreditamos ser o fornecedor de serviços que, em Portugal, se encontra mais bem posicionado para apoiar os seus clientes na transição para modelos de gestão de IT mais eficientes, dado o nosso enfoque na oferta de serviços de Datacenter e de Cloud desde 2005, áreas em que a Gartner nos considera líderes europeus há cinco anos consecutivos, alavancando a nossa forte presença no IT mais tradicional, on-premises, fruto da aquisição do maior integrador nacional em 2017, a ITEN Solutions”, explica António Miguel Ferreira, Managing Director da Claranet em Portugal.

“A nossa aposta em reforçar significativamente a oferta na área da cibersegurança foi implementada no início de 2017, com o lançamento de serviços resultantes de desenvolvimento próprio, reforçada com aquisições feitas pelo grupo, culminando agora no lançamento do SOC em Portugal”, continua António Miguel Ferreira. “Queremos tornar-nos, em três anos, num dos principais fornecedores de soluções de cibersegurança na Europa, tal como já o somos nas áreas de managed hosting e coud pública.”

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Por favor, ligue-nos através do número 707 50 51 52 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.