92% das empresas portuguesas não dispõem ainda de um programa de inovação

A nova edição do Claranet Research Report revela o estado da inovação das empresas em 6 países europeus, entre eles Portugal. O relatório mostra que os departamentos de TI das empresas portuguesas são os mais pressionados da Europa e que dedicam apenas 9 minutos por dia à inovação.

A Claranet publicou o Claranet Research Report 2015, um relatório elaborado pela consultora independente Vanson Bourne que revela o estado atual das TI nas empresas de toda a Europa. O estudo aprofunda temas como a inovação, as aplicações e as relações que as empresas da Alemanha, Benelux, Espanha, França, Portugal e Reino Unido, mantêm com os seus fornecedores de serviços de TI.

Segundo consta no relatório, os responsáveis tecnológicos europeus começam a enfrentar um ambiente cada vez mais complexo. Os departamentos de TI veem-se obrigados a manter o seu papel tradicional na resolução de incidentes e, ao mesmo tempo, impulsionar a inovação nas suas empresas. Uma inovação que deve estimular o êxito comercial e a diferenciação no mercado, mas que encontra o obstáculo de se tratar de um contexto profissional em rápida mudança.

Ao entrevistar cerca de 900 responsáveis de TI europeus, o Claranet Research Report mostra em que países se investe mais tempo em inovação, qual o nível de conhecimento que as empresas têm sobre o papel dos seus departamentos de TI e como aumentaram os seus orçamentos no último ano, entre outros dados interessantes, como:

  • 74% das empresas portuguesas contam já com uma estratégia digital;
  • 84% das empresas na Europa, preveem uma mudança radical nas TI durante os próximos dois anos;
  • 62% dos responsáveis de TI portugueses entrevistados, olham para os fornecedores de serviços de TI como os impulsionadores da implementação de soluções inovadoras no futuro;
  • No ano passado, cerca de 75% das empresas aumentou o seu orçamento de TI;
  • Os departamentos TI das empresas portuguesas são os mais pressionados, entre os países examinados.
  • Em 2020, o desenvolvimento de aplicações in-house, diminuirá cerca de 30%;
  • 61% dos responsáveis de TI, irá contar com o apoio dos fornecedores de TI para o desenho e implementação de soluções flexíveis para o seu negócio.

Claranet Research Report 2015

Inovação TI na Europa

  • 56 páginas
  • 900 entrevistados
  • 6 países europeus

Esclareça as suas dúvidas connosco

Fale com um membro da nossa equipa

Por favor, ligue-nos através do número 707 50 51 52 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com um membro da nossa equipa comercial ou de suporte.